Postos Ecoeficientes da Ipiranga são expandidos e atraem atenção internacional

Ipiranga(26/Dic/2013)

Brasil – Em um levantamento realizado pela consultoria especializada Midas Marketing, 89,4% das pessoas já preferem utilizar postos que valorizam ações voltadas para o meio ambiente. Com isto em mente, a Ipiranga amplia o número de Postos Ecoeficientes, levando seu conceito de preservação ambiental para mais localidades no Brasil. “A Ipiranga possui o compromisso com o futuro de apresentar um produto que traz um benefício para o meio ambiente”, comentou Fabiano Dagfal, Coordenador de Desenvolvimento, Engenharia e Arquitetura da Ipiranga.

Atualmente com 750 unidades em todo o país, nos postos Ecoeficientes a gestão de energia, água, resíduos e materiais é realizada desde a construção até a fase de operação. A novidade atraiu atenção internacional e se tornou objeto de estudo da Boston University School of Management, nos Estados Unidos. A instituição americana pretende difundir o exemplo brasileiro.

Conheça melhor cada processo realizado no Posto Ecoeficiente:

Gestão da Água: os itens que promovem redução no consumo de água englobam coleta da água da chuva, reuso de água da lavagem de veículos, instalação de sistema de fechamento automático em torneiras e chuveiros e diminuição de consumo de água nas descargas dos vasos sanitários.

Iluminação: foram desenvolvidas soluções para um melhor aproveitamento da luz natural, integrando-a com a artificial, empregando reatores, lâmpadas e luminárias mais eficientes, além da instalação de sensor de presença para evitar o desperdício de energia.

Condicionamento de ar: um conjunto de ações contribuiu para reduzir a carga térmica do ar condicionado e ainda melhorar a qualidade dos ambientes. Foram incorporados à edificação elementos sombreadores; vidro especial; e isolamento térmico para otimizar o desempenho do ar condicionado.

Gestão de Materiais e Métodos Construtivos: utiliza-se o Sistema Light Steel Framing na edificação, que é modular, com estrutura em aço 100% reciclável, gerando bem menos resíduo. Para a cobertura da pista de abastecimento, utiliza-se um sistema de camada única, onde a telha metálica faz também o papel do forro, totalmente aparafusado, sem uso de solda. Utilizam-se também materiais que impactam menos o meio ambiente em sua produção, aplicação e descarte, como tinta a base de água e madeira certificada.

Gestão de Resíduos: dar o destino correto ao lixo que for gerado tanto na construção quanto na operação, via coleta seletiva.

Mais curiosidades:

Em relação à construção convencional da edificação do posto, o uso de concreto é 80% menor.

A redução de tempo na obra de um Posto Ecoeficiente Ipiranga em relação a uma obra convencional é de 50%.

A redução de resíduos gerados é de 40% em relação a uma obra convencional.

A água da chuva é tratada e aproveitada em descargas sanitárias, rega de jardins e lavagem de para-brisas. Esse sistema é capaz de reduzir o consumo de água em até 30%. Há um sistema de reuso de água da lavagem que reduz o consumo em aproximadamente 70%. A combinação entre os dois sistemas pode até zerar o consumo de água com lavagem.

Fonte: Plurale – 20.12.2013

See more at: http://www.procelinfo.com.br/main.asp?View={F5EAADD6-CCB0-4E29-A0C4-482D3D66BB65}&Team=&params=itemID={73729CF2-B630-44F6-A923-967DFA491230};&UIPartUID={D90F22DB-05D4-4644-A8F2-FAD4803C8898}

 

 

Esta entrada también está disponible en: Portugués, Brasil